MockUpPulpFictionPNG

En algunos lugares, donde reina el copy paste, se empezó a hablar de sus afiches, en junio pasado (muchos después de nombrar a Albert Exergian). Pero pocos sabían quién era este autor que, a diferencia del diseñador austriaco, se había concentrado en películas de cine, y no tanto en series de televisión. “Its time to show Pedro Vidotto illustrates his favorites movie posters again in a simple and really minimalist way…”, sostenía el sitio TrendLand.

En un reportaje exclusivo de El Norbi, te presentamos al diseñador brasileño Pedro Vidotto, quien nos habló de sus posters cinéfilos (antes de que le inventaran un festival de Tarantino.)

fight-club

1. Como você veio para fazer estes posters de filmes?

Eu sempre gostei do conceito minimalista, da leveza gráfica e da mensagem pictórica. Penso que se pode dizer muito com o “mínimo de esforço.” Um dia me deparei com a obra de Exegian e achei simplesmente fantástico: resumir todo o conceito de uma série de televisão em poucas linhas e cores realmente me inspirou. Então, eu decidi fazer pôsteres dos meus filmes favoritos.

bastards

 

2. Como foi o processo criativo de Inglorious Bastards?

Este foi particularmente difícil. Muitas das imagens que poderiam ser usadas como um símbolo do filme eram vagas e não me satisfaziam. Eu decidi escolher um item de uma cena que eu gostei. Escolhi, então, a cena em que alguns personagens participam de um jogo cujo objetivo é adivinhar o personagem de uma carta.

killbill

3. Você trabalhou primeiro com uma caneta digital ou diretamente? O software que você usa?

Diretamente em digital. Vetorizados no Illustrator e finalizados no Photoshop.

 

4. Quão rapidamente o desempenho de cada um dos cartazes?

Isso depende muito. Alguns são muito rápidos para dizer a verdade, estes são filmes que já tem uma mensagem particular já formada na minha cabeça, como O Mágico de Oz ou UP. Outros, no entanto, precisam de um esforço extra, como Inglorious Bastards. Todo o processo – a idealização, a escolha de cores e acabamento – pode variar de 30 minutos a três dias.

Avatar

5. Qual tem sido o mais complicado, como não encontrar um conceito rapidamente.

O mais difícil foi Avatar. Como em Inglorious Bastards, não achei um conceito coerente. Eu vi o filme umas 4 vezes antes de conseguir uma imagem suficientemente forte. Decidi escolher uma cena favorita de novo. Acho a cena da árvore muito bonita, na qual todos se unem para salvar a cientista (Sigourney Weaver), e então decidi usá-la. A parte mais difícil foi resumir a cena (ou a idéia), em um único símbolo. O resultado, penso eu, foi a mensagem que vi no filme inteiro, cada indivíduo é parte de um todo.

105271028

6. Você está trabalhando em novos projectos semelhantes aos cartazes de filmes?

Não efetivamente, mas eu tenho várias idéias. Mas é segredo. 😉